• Dra. Nathália Lins Pontes Vieira

Hemorróida

As hemorróidas fazem parte da anatomia normal do ânus e do canal anal (canal entre o ânus e o reto). Existem as hemorróidas internas no canal anal, e as externas que estão na borda do ânus. A doença com sintomas ocorre quando as hemorróidas causam sangramento ou exteriorização pelo ânus. Por isso alguns preferem definir como doença hemorroidária.


Pode acometer homens ou mulheres, em qualquer idade. Os principais fatores de risco são constipação, obesidade, ocupação e predisposição pessoal e familiar.


Sintomas


Os sintomas mais comuns são sangramento na evacuação e prolapso anal, mas também pode causar coceira ou dor se houver alguma complicação. Em alguns casos o prolapso (exteriorização) precisa ser reduzido manualmente, ou pode ser permanente. De acordo com esses sintomas, a doença hemorroidária pode ser classificada em graus de 1 a 4.

  • Grau 1: sem prolapso, a hemorróida causa apenas sangramentos;

  • Grau 2: prolapso com redução espontânea;

  • Grau 3: prolapso com redução manual;

  • Grau 4: prolapso irredutível.


Diagnóstico


O diagnóstico é feito no exame físico, mais especificamente na anuscopia durante o exame proctológico. Vale destacar que a colonoscopia não é capaz de diagnosticar a doença hemorroidária, pois avalia o intestino e não o ânus ou o canal anal.


Tratamento


O tratamento clínico normalmente é eficaz, incluindo cuidados com alimentação e uso de pomadas tópicas. O uso do papel higiênico é uma prática que deve ser abolida, principalmente nas pessoas que sofrem da doença hemorroidária. Para alguns pacientes, isso não é suficiente, e o tratamento cirúrgico é indicado para trazer conforto. Lembre-se que as hemorróidas não operadas nunca serão alguma doença grave como câncer.


Entre as cirurgias, existem diversas opções de técnicas com ou sem ressecção da hemorróida (hemorroidectomia), por grampeamento, laser, ligaduras elásticas ou guiadas por ultrassom. O médico Coloproctologista é o mais indicado para avaliar cada caso e escolher a melhor opção.


O pós-operatório é doloroso? A resposta é: depende. Depende do grau da doença, da técnica utilizada, das possíveis complicações e principalmente da resposta de cada paciente.


#dranathalialpvieira #coloproctologia #coloproctologista #medicina #saude #cirurgia #hemorroida #hemorroidectomia

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo